É a partir de uma escolha é que se inicia um Namoro Santo

3874
0

Como prometido, começamos hoje uma série de postagens para ajudar muitos casais de namorados, noivos, e até mesmo os casais que já se encontram em matrimonio! O assunto é bem complexo, mas é necessário falar sobre o Namoro Santo nos dias de hoje, onde o que impera é o namoro egoísta, imaturo e irresponsável. Muitos levam um relacionamento baseado em sexo e não em Deus, no amor, na amizade. Não preciso nem falar dos reflexos disso tudo né¿ (altos índices de gravidez indesejadas que geram um tremendo massacre aos bebês inocentes). Outro fato alarmante de namoros imaturos é o crescente número de casais que buscam uma solução para suas divergências em todos os fóruns espalhados pelo Brasil e pelo mundo, dissolução conjugal (separação, divórcio), reconhecimento de paternidade, pensão alimentícia, sem falar dos casos extremos como agressão física e verbal.

Por isso, queridos, é tão importante conhecer verdadeiramente a pessoa que está ao nosso lado e também construir o relacionamento desde o alicerce, sem ele e os outros detalhes importantes como as ferragens, do contrário o “prédio” não suporta o peso e acaba por desabar. O namoro é o tempo de escolher a pessoa com quem um dia você poderá se casar, sem essa de ter medo de ficar sozinho e por isso acabar escolhendo alguém pela metade. Você escolhe com tanto cuidado as suas roupas, calçados, amizades, porque não tomar o mesmo cuidado com a pessoa que deverá estar ao seu lado para o resto da vida¿ Afinal, você pode até mudar muitas coisas na sua vida (profissão, emprego, cidade, cabelo…) mas uma coisa é fato, matrimonio é um só. (Claro que você não vai escolher a pessoa como escolhe um objeto, mas é necessário ter critério na hora de escolher a Maria ou o José da sua vida!)
Tal critério não deve ser pelo exterior (físico, grau de popularidade, facilidade, comodismo) mas sim pelo interior, caso contrário você corre o risco de ser deixado na próxima esquina da vida.

Repito: O NAMORO É TEMPO DE SE CONHECER, conhecer o caráter do outro, ver se rola aquela afinidade, ver se é uma pessoa ligada as coisas do céu ou as coisas do mundo. Se o seu namoro for sério, seu casamento não será um tiro no escuro. Namoro não é passatempo, e muito menos uma aventura! É coisa séria! Não brinque com a vida do outro!

Não devemos começar a namorar sem antes saber o ”porque” estou namorando essa pessoa”, namoro é preparação para casamento e formação de família, se você independente de idade não pensa nessa finalidade, ainda não é tempo de iniciar um namoro. Todos os caminhos que tomamos na vida sem saber para onde queremos ir, nos levam a um lugar sem rumo.

Mas “” quais são os critérios e essas tais perguntas que devo me fazer a mim mesmo antes de começar a namorar?

Que tipo de namorado(a) você quer?Quais são as qualidades que ele(a) deve ter?O que você espera dele(a)Qual o caráter dessa pessoa?Ele(a) se importa verdadeiramente com os seus sentimentos?Possuem o mesmo desejo de um dia se casarem ou estão começando a namorar só para passar o tempo?Ele(a) é temente a Deus?Ele(a) da importância ao valor famíliar?A religião é a mesma?

Já tem as respostas em mãos, certo?Pois bem, os seus valores devem ser os mesmo ou então muito próximos comparado com a pessoa que você está interessado, caso contrário não haverá encontro de almas puro e sincero. Se você é uma pessoa que vive segundo a Palavra de Deus, como pode namorar alguém que não as segue? – Se você quer um namorado carinhoso, humilde, fiel, sincero, honesto; como pode namorar alguém que só pensa em festar, beber, ficar com várias outras pessoas? – Se você espera um homem casto, como pode querer que dê certo com alguém que vive apenas segundo suas paixões? – O fato de um ser de uma religião e o outro de outra, também desencadeia grandes problemas, maior ainda se você for de religião e a outra pessoa não. Ouço muito por aí que “ Eu o (a) levarei de volta para Deus”, não que seja impossível, mas a conversão é um caminho muito árduo e que pode nem vir a acontecer se o outro não estiver aberto. Além do mais, de nada fale uma religiosidade superficial, a fé deve ser profunda para saciar seus desejos e anseios com seu José, ou sua Maria.Consegui deixar bem claro o tamanho da importância de conhecer muuiiito bem alguém antes de ir trocando laços e juras de amor¿ Não adianta nada orar, jejuar, pedir que Deus lhe “prove” se essa é a pessoa certa, se você não estiver disposto a ouvir e enxergar o que Deus  tanto tenta lhe mostra de negativo no outro.Peça a Deus que lhe mostre o verdadeiro caráter dessa pessoa, e esteja ATENTO para aquilo que Ele lhe mostrar!

E não mate os seus valores por ter medo de perder alguém, antes só do que mal acompanhado. Deus está preparando algo lindo para você, não coloque tudo a perder por ser tão ansioso e desesperado, antes, peça a cura de sua afetividade!

Fonte: http://linguagemdoceu.com