Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

Assim como nosso corpo precisa de alimento, nossa alma precisa da oração.

Em Jeremias 29,11-12, Deus nos diz que tem um projeto de felicidade para nós, não de sofrimento. Ele nos mostra o que temos de fazer para alcançar esses projetos por meio da oração.
Assim como o corpo não pode viver sem a alma, a alma sem a oração está morta. Outro exemplo é que, assim como nosso corpo precisa de alimentos, nossa alma precisa do alimento espiritual, que acontece na oração, ou seja, a nossa comunhão com Deus.

Quem deixa de se alimentar em Deus logo começa a corromper-se, pois as tentações vêm de todos os lados. Aqueles, no entanto, que permanecem orantes tornam-se fortes e em comunhão com o Senhor.

A oração é a arma mais poderosa que temos para nos defender dos inimigos. É possível, sim, mantermos um ritmo de oração no ritmo da vida. O segredo é a fidelidade na comunhão com Deus, é manter-se no comprometimento, mesmo que exigente.

Nosso erro é querer as graças de Deus sem cumprir as exigências básicas da comunhão com Ele. Não podemos resistir às tentações se não recorremos a Deus na hora que ela bate a nossa porta.
A tentação vem ainda mais forte quando tentamos rezar. A distração, na hora da oração, surge pelo celular, pelas coisas que acontecem a nossa volta.

Se a vida já está difícil rezando, quem dirá se deixarmos de rezar! Só por meio da oração podemos produzir bons frutos, pois as graças virão àqueles que oram. Começamos, às vezes, tão bem, mas, de repente, vamos fraquejando, diminuindo, até não fazermos mais nada.

Nós combatentes precisamos entrar nessa disputa para vencer com as armas mais poderosas, e elas são o jejum e a oração. Essa é a ordem que Deus nos dá por meio da Palavra: a oração combate a batalha espiritual, pois nossas batalhas humanas não são apenas travadas neste mundo.

Só é coroado quem vence; e nesta nossa guerra precisamos entrar com a convicção de que somos fracos e nossos inimigos são numerosos. Contudo, vamos vencê-los pela oração, por meio da qual Deus nos dará o que não temos.

Confira um trecho da pregação:

"Só não reza quem não quer!" Padre Edimilson #nocombatedaoracao #cancaonova

Posted by Canção Nova on Saturday, November 11, 2017

 

Matéria: Site Canção Nova

Transcrito e adaptado por João Paulo dos Santos